terça-feira, 22 de maio de 2012

… de SomeSound

 

Terça-feira é dia de som nacional! E que som este! Vá lá senhora!

 

“Depois de 2 anos de ensaio de um futuro, Os Golpes são paridos em 2008. Eles existem num país que se encanta com as suas possibilidades. O primeiro disco, Cruz Vermelha Sobre Fundo Branco, é gravado pela Companhia Amor Fúria e figurou em várias listas do ano de 2009.

Com o objectivo de marcar o intervalo entre o primeiro disco e o que se seguirá, Os Golpes decidiram registar as canções que criaram entretanto num fonograma de curta duração - um Meio Disco que marcaram com o ferro da sua inicial, "G". Quiseram tornar esse disco especial, desde a capa, que conta com a mão de duas artistas (uma para cada cidade), até aos espaços onde o apresentaram ao vivo. Uma das canções que gravaram já anda por aí, chama-se "Vá Lá Senhora" e tem a participação do Rui Pregal da Cunha.

“Os Golpes são uma espécie de aldeia de xisto onde não faltam arranha-céus. Sabem de cor os engarrafamentos na hora de ponta e o passo arrastado do velho pároco nas procissões da vila. Apresentam Cruz Vermelha Sobre Fundo Branco, o seu primeiro disco. O fervilhar do “Roque Português” de tempos idos está lá todo. Mas desenganem-se os profetas da desgraça, do terrorismo-revivalismo, do rebanho de antanho: Os Golpes não são do passado.“

(Excerto do texto de apresentação da banda por Samuel Úria, Setembro de 2008) “

retirado do myspace d´Os Golpes

Até já,

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...